Resenhas Sem categoria

#Resenha – Quem poderia ser a uma hora dessas? – Lemony Snicket

21, jan, 2017 Anna Furtado

Livro: Quem poderia ser a uma hora dessas?

Série: Só perguntas erradas;

Autor: Lemony Snicket;

Editora: Seguinte;

Páginas: 240;

Ano: 2012;

Gênero: Ficção infanto-juvenil;

Skoob × Editora × Booktrailer × Submarino

Em uma cidade decadente, onde se criam polvos para a produção de tinta, onde há uma floresta de algas marinhas e onde um dia funcionou uma redação de jornal em um farol, um jovem Lemony Snicket começa o seu aprendizado em uma organização misteriosa. Ele vai atender seu primeiro cliente e tentar solucionar o seu primeiro crime, aos comandos de uma tutora que chama carro de “esportivo” e assina bilhetes secretos. Lá, ele vai cair na árvore errada, vai entrar no portão errado, destruir a biblioteca errada, e encontrar as respostas erradas para as perguntas erradas – que nunca deveriam ter passado pela cabeça dele.
Ele escreveu um relato sobre tudo o que se passou, que não deveria ser publicado, em quatro volumes que não deveriam ser lidos. Este é o primeiro deles.

Oi gente! Como vocês estão? Então, hoje, devido ao sucesso das Desventuras em Série (que estamos amando, btw), eu quero apresentar pra vocês sobre uma outra série muito legal do mesmo autor, Lemony Snicket (um pseudônimo de Daniel Handler). Vamos lá, então?

 Vamos começar pela capa? Vi esse livro há alguns ano atrás quando fui livreira, e me apaixonei, porque, (claro!), é azul! Mas principalmente por causa das ilustrações. Essas ilustrações seguem também por todo o livro, o que eu achei bem mágico, porque elas são bem vivas e delineadas.

Vamos à história, então! Como boa leitora de Lemony Snicket que sou, a história já começa com um daqueles mistérios alá Desventuras em Série, o que já dá um quê diferente ao livro. O nosso livro é narrado em primeira pessoa, por um protagonista um tanto misterioso, que por um acaso do destino se chama Lemony Snicket, e que por coincidência é o narrador de desventuras em série também (haha), acho incrível essas sacadas que Daniel Handler faz ao conectar seus livros.

Lemony é um jovem aprendiz que vai para um lugar para encontrar sua nova tutora, (a qual é louca e destrambelhada, diga-se de passagem). Para isso, ele tem que criar toda uma situação, pois aparentemente, eles trabalham sob disfarce e não podem ser pegos, nem notados por ninguém. Por trabalhar para essa tutora misteriosa, ele tem que ajudá-la a resolver um crime e fazer tudo que ela manda, mesmo que ele não queira, pois esse é o seu novo emprego nesta organização secreta.

Sendo assim, sua tutora recebe um caso bem estranho, numa cidade bem maluca. Acontece que os chamaram por causa do roubo de uma peça muito rara e a dupla tem que descobrir quem foi que roubou, além de retornar o objeto ao dono. Só que, desafortunadamente,  o garoto vê que há muitas outras coisas por trás dos fatos e das testemunhas, e como um bom investigador, ele começa a fazer as perguntas certas (ou seriam as erradas?)!

O livro se desenvolve em torno da resolução do crime, de forma bem cômica e sagaz, além daquele humor bem característico do Daniel. O que mais me encanta no autor é a forma como ele consegue fazer histórias tão bem enlaçadas e interessantes e para crianças! É, certamente, um livro maravilhoso! Li em apenas algumas horas, e já fiquei intrigada e curiosa, e logo logo comprarei o segundo.

Assim como em Desventuras em Série, a narrativa do autor é tranquila e instigante, e você pode com certeza contar com aquela ironia bem leve e engraçada, bem característica do autor. Recomendo o livro a todos aqueles que querem algo leve pra ler e principalmente para crianças!

E você? Já leu algum livro do Lemony? Ou está só curtindo a série na Netflix? Conta pra gente!