Resenhas

#Resenha – Úrsula – A História da Bruxa da Pequena Sereia – Serena Valentino

20, jun, 2017 Lígia Vacilotto

Livro: Úrsula – A História da Bruxa da Pequena Sereia;

Autora: Serena Valentino;

Editora: Universo dos Livros;

Páginas: 172;

Ano: 2016;

Gênero: Literatura infanto juvenil/ficção

Livro da parceria com a Universo dos Livros

Descubra neste livro todos os segredos do passado de Úrsula. Desvende qual era o seu papel no reino de Tritão, o motivo de sua expulsão das dependências reais e, principalmente, como ela se transformou na temida Bruxa do Mar, que enfeitiçou a encantadora princesa Ariel. Toda história tem dois pontos de vista, não é mesmo? De que lado você está?

A pequena sereia é sem duvidas um dos contos que eu mais gosto, foi com um livro, acompanhado por fita, da princesa que aprendi a ler, então tenho um carinho especial por ela. E sempre me intrigou a Úrsula querer roubar a voz dela e fazer ela não voltar para o mar, então fui ler pra ver o que acontece do outro lado da história.

A história da pequena sereia, fala sobre a princesa que, filha do Rei Tritão que não gostava de humanos, tinha uma grande curiosidade pelos seres de duas pernas que habitavam a superfície, e colecionava tudo o que encontrava de navios naufragados. Seu pai descobre esse esconderijo com seus “tesouros” e destrói tudo. Desiludida a menina sereia procura a bruxa do mar e assim torna-se humana para conquistar o amor de sua vida, o príncipe Eric. Sem voz e com apenas 3 dias para fazê-lo se apaixonar quase tudo vai por água abaixo por causa de Úrsula, que em forma humana e usando uma concha com a voz da Ariel quase consegue separar o casal. No fim Úrsula é destruída e o Rei Tritão realiza o desejo de Ariel de se tornar humana e viver feliz para sempre com seu príncipe.

Os primeiros capítulos mostram os planos dela de acabar com o rei Tritão através de sua filha Ariel, afinal ele a maltratou e deixou-a para morrer, até ser resgatada pelo humano que a criou como filha, e como ela foi se transformando aos poucos na bruxa do mar e não entendia e nem era compreendida pela aldeia onde cresceu; apenas seu amoroso pai tentou protegê-la, e morreu nessa missão. Úrsula conta toda a sua história para três amigas, as irmãs esquisita, que se você ler os outros livros dessa coleção das vilãs da Disney, vai perceber que ela aparece em outras histórias como no da Rainha Má. E essas irmãs contam para Úrsula que uma outra irmã delas está desaparecida e precisam da ajuda de sua querida amiga Úrsula para resgatá-la.

Mas ai nesse ponto acho que a história se perde um pouco, pois apenas conta o plano da Úrsula de acabar com a pequena sereia e então o foco muda, a história é contada por uma Babá (não descobri ainda de que história é esse personagem) e pelas irmãs esquisitas, a protagonista, que nesse caso seria a Úrsula, quase não aparece mais. Apenas alguns trechos do livro.

O livro é sim bem escrito, mas fiquei bem #chatiada com o rumo que a história tomou. Queria que mostrasse mais os pensamentos da Úrsula, que explorasse mais o lado humano dela, já que foi criada por eles. Será que ela não sentiu nenhuma empatia pela pequena sereia? Afinal as duas são seres do mar que tinham adoração pelos seres que habitam a superfície.

O livro não é ruim, mas acho que perdeu o foco do que era pra ser. Mas se você quer saber como acaba a história da Úrsula e das irmãs esquisitas, leiam!