Resenhas

Resenha: Uma Estranha em Casa, de Shari Lapena

13, jul, 2018 Wellington Rafael

Livro: Uma estranha em casa
Autora: Shari Lapena
Editora: Record
Ano: 2018

Sinopse:Karen Krupp acorda no hospital, sem ter a menor ideia de como foi parar nele. Tom, seu marido, diz que a porta estava destrancada quando ele entrou em casa, as luzes acesas, e que a esposa provavelmente saiu às pressas quando estava preparando o jantar, pelo que ele viu na cozinha. Karen perdeu o controle do carro enquanto dirigia a toda a velocidade e bateu de frente num poste. O mais estranho: o acidente aconteceu num dos bairros mais perigosos da cidade. A polícia suspeita de que Karen esteja envolvida em algo obscuro, mas Tom tem certeza de que não. Ele está casado com ela há dois anos, conhece muito bem a mulher. Será mesmo? Vai perguntar tudo a Karen quando chegar ao hospital, depois de dizer que a ama e que está feliz por ela ter sobrevivido, é claro. Mas Tom não obtém resposta nenhuma… porque ela não se lembra de absolutamente nada.

Karen Krupp acorda em um hospital sem saber o que aconteceu. Tom, seu marido, chegou do trabalho e se deparou com a porta aberta e com a cozinha pronta para fazer o jantar e fica preocupado por não saber onde a esposa está e depois de fazer vários telefonemas desesperado, recebe a visita de policiais dizendo que sua esposa está no hospital e que sofreu um acidente por estar dirigindo em alta velocidade além de ter sido encontrada em um bairro super perigoso e suspeito.
Karen não se lembra de nada do acidente, acabou sofrendo um trauma na cabeça que a deixou com amnésia. Um assassinato é ligado ao acidente de Karen. Mas até que ponto é possível ir quando não se lembra de nada?

Os segredos deUma Estranha em Casa” vão sendo revelados aos poucos e de maneiras um tanto confusas. A linguagem fácil faz com que a leitura seja rápida mas acredito que a autora pecou e acabou se deixando levar demais para capítulos e momentos desnecessários na história, foi uma frustração ver um bom suspense desperdiçado. Ah, no final todas as peças se encaixem e as explicações são dadas, porém não é nada surpreendente.