Resenhas

#Resenha: Os prós e os contras de nunca esquecer, de Val Emmich

15, maio, 2019 Wellington Rafael

Livro: Os prós e os contras de nunca esquecer
Autor: Val Emmich
Editora: Intrínseca
Ano: 2019

Joan Lennon Sully é uma menina de dez anos comum, não fosse o fato de ter uma memória excepcional. Tudo começou supostamente quando ela tinha dois anos e foi a uma loja com o pai, que a deixou sozinha no carrinho por dois segundos e ela se esticou para frente do carrinho e caiu de cabeça no chão. Desde então ela sofre de HSAM – memória autobiográfica altamente superior. O que é isso? Que tudo da vida dela, cada detalhe,  registrado como se ela tivesse um banco de dados na cabeça. Data, horário, roupa que as pessoas estavam usando (inclusive ela própria), palavra que foi dita. Tudo!

Filha única, recebeu o nome do Joan Lennon porque seu pai e sua avó paterna sempre foram muito fãs dos Beatles, em especial do John Lennon, mas, como o nome Lennon para uma garota não era muito apropriado, ela foi registrada como Joan Lennon. A mãe é professora e o pai é um musico que está passando por uma crise na vida profissional.

Gavin, um amigo do pai de Joan, é ator e também está passando por uma crise muito dificil. Depois de perder o companheiro e de ter tido um ataque, que acabou sendo mostrado em toda imprensa, Paige, mãe de Joan, o convida para passar um tempo em casa com eles.

Joan está com medo de que seu pai feche o estudo, que é o local onde tem mais lembranças com o pai e preocupada de que sua memória seja superior a dos outros e que por mim, seja esquecida. Então, decide participar de um concurso chamado “O futuro grande compositor”, pois acredita que, se vencer, será eternizada na memória das pessoas. Para isso, ela vai contar com a ajuda de quem menos esperava: Gavin. Enquanto isso, Gavin começa a descobrir alguns segredos que Sydney vinha escondendo dele, o que o deixa cada dia mais acabado, desejando que certas coisas tivessem morrido com o companheiro.

A narrativa é alternada entre Joan e Gavin, cada um narrando um capítulo, sempre dando continuidade ao que o outro estava contando no capítulo anterior.

O livro é dividido em cinco partes, cada uma com um nome de uma música famosa dos Beatles. Os personagens são apaixonantes, cada um com sua singularidade. Achei muito interessante a forma como a memória, as lembranças são tratadas na história. Para quem é fã dos Beatles, há menção a diversas músicas, referências à história da banda, do John Lennon em especial.