Resenhas

#RESENHA: “O Dia em que o Presidente Desapareceu”, de Bill Clinton e James Patterson

20, jul, 2018 Wellington Rafael

Livro: O Dia em que o Presidente Desapareceu
Autores: Bill Clinton e James Patterson
Editora: Record
Ano: 2018

Sinopse:Um dos livros mais esperados do ano, escrito pelo mestre do thriller, James Patterson, e pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton. O presidente desapareceu. O mundo fica em estado de choque. Mas o motivo do desaparecimento é muito pior do qualquer um pode imaginar. Com detalhes que só um presidente poderia conhecer, e o tipo de suspense que só James Patterson é capaz de criar, surge um dos maiores thrillers dos últimos tempos.

O Dia em que o Presidente Desapareceu” é um livro que envolve muita ação, terrorismo e aquele pequeno toque de política que todo mundo ama discutir – e não estou sendo irônico Conhecemos Jonathan Lincoln Duncan – poderoso Presidente Duncan – que conta a história toda em seu ponto de vista. Duncan tomou algumas atitudes desagradáveis e acabou “sumindo”, com isso ele está próximo de sofrer um impeachment a pedido do Presidente da Câmera – uma observação aqui: apesar de nós, brasileiros, estarmos familiarizados com isso, a história se passa nos Estados Unidos, o que torna as coisas muito diferentes. Tudo muito bem planejado mas não com boas intenções, que é derrubar o presidente.

Nosso presidente Duncan é o herói do povo, sempre disposto a trazer o melhor ao seu país ou morrer tentando, porém, toma diversas atitudes por impulso o que acaba causando um perigo enorme. Alguém de sua confiança vazou o chamado “Idade das Trevas” e para evitar um ataque aos país pelo maior terrorista do momento, Suliman Cindoruk, corre contra o tempo para conserta-los.

Não há como dizer que os personagens não são bem construídos, sendo que um deles viveu isso: co-escrito pelo ex-presidente Bill Clinton, que entende do poder norte-americano e também a forma como eles fazem sua politica, o livro nos leva até a compreender coisas como sobre a ultima eleição de seu país, aonde sua esposa, Hillary Clinton, perdeu sob a suspeita de interferência da Russia.

É uma leitura que leva tempo, os capítulos são bem divididos porém alguns detalhistas demais, o que achei cansativo em determinados momentos. Vale ressaltar que o terrorismo proposto no livro não é aquele clichê de explodir os Estados Unidos, é algo diferente – MAS SEM SPOILERS POR AQUI! 

Um livro com uma trama politica e que faz você pensar. Recomendo você ler “O Dia em que o Presidente Desapareceu”, mas, se você curte tramas focadas em histórias focadas nos personagens, no seu crescimento e amadurecimento das situações e uma trama crível, esse livro provavelmente não é pra você.

Lembrando que os seus direitos de imagem do livro já haviam sido comprados pelo canal Showtime para a produção de uma série de TV baseada.

Nossa democracia não sobreviverá à atual tendência ao sectarismo, ao extremismo e ao ressentimento. Atualmente, prevalece nos Estados Unidos a ideia de “nós contra eles”.