Resenhas

Resenha: Mentes Sombrias, de Alexandra Bracken

21, set, 2018 Wellington Rafael

Livro: Mentes Sombrias
Autora: Alexandra Brancken
Editora: Intrínseca
Ano: 2013/2018

 

Sinopse: Do dia para a noite, crianças começam a morrer de um misterioso mal súbito. Em pouco tempo, a doença se espalha e os que sobrevivem a ela desenvolvem habilidades psíquicas assustadoras.Uma delas é Ruby. Na manhã do seu décimo aniversário, um acontecimento aterrador faz com que seus pais a tranquem na garagem e chamem a polícia. A menina é então levada para Thurmond, um acampamento que segue as diretrizes brutais do governo vigente.Seis anos depois, ela se torna uma das jovens mais perigosas de Thurmond, embora tenha que esconder isso a todo custo para a própria segurança. Quando a verdade vem à tona, Ruby desperta o interesse de muitas pessoas e precisa escapar às pressas. Fora dali, ela se alia a fugitivos de outros acampamentos e conhece Liam, que lidera uma fuga em direção ao único refúgio para adolescentes como eles. Por mais que queira fazer amigos e ter uma vida normal, Ruby sabe que isso não vai ser possível, porque nenhum lugar é seguro, e ela não pode confiar em ninguém – nem em si mesma.

Mentes Sombrias  foi relançado pela editora Intrínseca este ano, a editora ID lançou o livro em 2013. A autora Alexandra Bracken me surpreendeu muito, é uma leitura que te prende do início ao fim.

Na história conhecemos Ruby Elizabeth Daly que é uma criança de apenas 10 anos de idade entregue ao sistema FEPs (Forças Especiais Psi), onde todos que são entregues são enviados para uma prisão de reabilitação criado pelo governo para crianças especiais, ou melhor, com poderes. Um vírus mortal acaba matando crianças ou dá a elas poderes especiais. A infecção foi realmente levada a sério quando uma garota é morta em sua escola e assim o mesmo acontece com outras em outras partes do país. Os pais receberam avisos sobre os sintomas, com ordem que deveriam entregar seus filhos que tiverem esses sintomas para estudo nesses campos de reabilitação. Mas como saber se veriam seus filhos novamente?

A garota fica seis anos no Centro de Reabilitação. Ao chegar eles precisam ser classificados conforme seus poderes especiais pelo governo, assim facilitando seus estudos entre: Verde, Azul, Amarela, Laranja e Vermelho. Os três últimos são os mais poderosos e possuem poderem especiais e de muito interesse para o governo e outros grupos.  Nossa protagonista, Ruby, é diagnosticada incorretamente como uma verde! Passando a viver escondida, até que consegue fugir da prisão e dali em diante a história se desenvolve de uma maneira incrível e gostosa de ler.

Aqui ainda temos outros três personagens importantes que se une a Ruby, que são: Suzume ou “Zu” (amarelo), Charles ou “Bolota” (verde) e Liam (azul) ambos fugiram da Caledônia.O filho do presidente Clancy Gray é outro protagonista que terá uma grande reviravolta, fora outros que aparecem como Mike. Os adolescentes no próprio enredo já passaram por diversos problemas por serem arrancados de seus pais, de sua vida normal, de serem obrigados a trabalhar e ainda tentar entender esses poderes e os motivos ainda de serem perseguidos e torturados.

Leiam! Lembrando que é uma trilogia e agora é torcer para que a Editora Intrínseca traga a continuação para o Brasil. Fora que esse primeiro volume foi adaptado para o cinema, confira o trailer: