Resenhas slider

Resenha: As provações de Apolo – O Oráculo Oculto, de Rick Riordan

31, jul, 2016 Wellington Rafael
Título: As provações de Apolo – O Oráculo Oculto
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca

Sinopse: Como você pune um deus imortal? Transformando-o em humano, claro! Depois de despertar a fúria de Zeus por causa da guerra com Gaia, Apolo é expulso do Olimpo e vai parar na Terra, mais precisamente em uma caçamba de lixo em um beco sujo de Nova York. Fraco e desorientado, ele agora é Lester Papadopoulos, um adolescente mortal com cabelo encaracolado, espinhas e sem abdome tanquinho. Sem seus poderes, a divindade de quatro mil anos terá que descobrir como sobreviver no mundo moderno e o que fazer para cair novamente nas graças de Zeus.  O problema é que isso não vai ser tão fácil. Apolo tem inimigos para todos os gostos: deuses, monstros e até mortais. Com a ajuda de Meg McCaffrey, uma semideusa sem-teto e maltrapilha, e Percy Jackson, ele chega ao Acampamento Meio-Sangue em busca de ajuda, mas acaba se deparando com ainda mais problemas. Vários semideuses estão desaparecidos e o Oráculo de Delfos, a fonte de profecias, está na mais completa escuridão. Agora, o ex-deus terá que solucionar esses mistérios, recuperar o oráculo e, mais importante, voltar a ser o imortal belo e gracioso que todos amam.

Não posso deixar de falar que quando eu soube que Rick Riordan faria outra série que se passaria depois de “O Sangue do Olimpo” eu quase infartei. Quando você pensa que ele vai parar, ele te surpreende. Ele tira uma série da onde deveria ter sido o final de tudo e escreve algo totalmente surpreendente e incrível como esse livro, porque tudo que tio Rick escreve envolvendo Percy Jackson, é incrível.

O Oráculo Oculto” se passa  seis meses após os acontecimentos de “O Sangue do Olimpo”, o que é necessário que você tenha lido as séries anteriores “Percy Jackson e os Olimpianos e Percy Jackson e os Heróis do Olimpo“, caso contrário você não irá entender nada da história, pois o autor durante toda a narrativa faz referências a momentos, situações e personagens dos livros anteriores.

Tudo começa com deus Apolo, o deus do sol, da arqueria, da poesia, da cura, da musica, da beleza e uma lista sem fim. Todos sabemos como Apolo é nos livros anteriores, extremamente convencido, orgulhoso e com um ego enorme. O livro todo é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista do próprio Apolo. Zeus resolve bani-lo do Olimpo por tempo indeterminado, transformando ele em humano. A única frase que Apolo lembra antes de acordar em uma caçamba de lixo, completamente humano é: “SUA CULPA, SUA PUNIÇÃO”

Apolo acorda no meio do lixo como um mortal de 16 anos de idade, com espinhas, gorduras localizadas e chamado Lester Papadopoulos. Para Apolo é um pesadelo terrível, Zeus só poderia estar de brincadeira, porque como pode um deus lindo como ele, ter aquela aparência como mortal?. A partir dai Apolo entende que precisará passar por muitas provações, até Zeus achar que ele já sofreu o bastante e aceita-lo novamente no Olimpo.

Apolo se mostra um adolescente chato e inconformado, totalmente reclamão e cheio de frescuras, mas isso não torna o livro chato, de jeito nenhum, deixa a história totalmente engraçada e divertida. Rick Riordan não perdeu seu senso de humor em nenhum momento, mais uma vez escreve uma história rica em aventura e engraçada.

Uma personagem nova nessa história é Meg McCaffrey, uma garota forte e poderosa. Gostei de como Riordan trabalhou na construção dessa personagem, amadurecendo ela a cada capitulo através das situações em que ela e Apolo acabam tendo de enfrentar. O desenvolvimento do próprio Apolo ao decorrer da história é muito bem escrito e detalhado, como ele a partir de um adolescente irritante vai se tornando um garoto que começa a notar que seu ego e desejos não são as coisas mais importantes do mundo.

Outra coisa que achei muito interessante é que o autor foi capaz de explicar e concluir coisas que ficaram abertas no último livro, O Sangue do Olimpo, como Léo Valdez, por exemplo (Ok, chega de spoilers). Um ponto importante que devo destacar e parabenizar Rick Riordan é seu modo de tratar a homossexualidade na história, todos conhecemos Nico, filho de Hades, que é homossexual e nesse livro ele tem um relacionamento dentro do acampamento Meio-Sangue e o autor trata isso o mais natural possível, de um jeito bonito e incrível, como deve ser feito. Fora outras muitas questões que ele aborda no livro que você terá que ler para descobrir.

Com uma narrativa leve, jovem, engraçada e envolvente, Rick Riordan faz “As Provações de Apolo – O Oráculo Oculto” entrar para a lista dos melhores livros de 2016! Dei muitas gargalhadas, chorei e me envolvi com cada personagem, seja os novos ou aqueles que já conhecemos e que amamos. Mais uma história incrível de Rick Riordan, mais um livro que vai fazer você desejar mais e adivinha? Tem mais. Leiam, Percy Jackson está de volta <3

E para finalizar, deixo-os com um dos book trailers para apresentar o lançamento do livro: