velozes-e-furiosos-8
Cinema Críticas

Crítica – Velozes e Furiosos 8

13, abr, 2017 Lígia Vacilotto

 

Oi Gente!

Assisti o filme ontem na pré estreia e só tenho uma coisa pra falar: A.N.I.M.A.L!

O texto abaixo pode conter spoilers!

Sinopse: Agora que Dom e Letty estão em lua de mel e Brian e Mia se retiraram do jogo – e o restante da equipe foi exonerada – o time segue com uma vida normal. Mas, quando uma mulher misteriosa (ganhadora do Oscar Charlize Theron) seduz Dom para o mundo do crime, ele parece não conseguir escapar e a traição das pessoas próximas à ele fará com que todos sejam testados de uma forma como nunca antes foram. Das margens de Cuba e ruas de Nova York para as planícies geladas do mar do ártico, nossa tropa de elite cruzará o globo para impedir que um anarquista desencadeie o caos… e tentará trazer pra casa o homem que os tornou uma família.

Opinião

como eu já disse ali em cima, é A.N.I.M.A.L o filme, porém sou suspeita para falar pois é uma franquia de filmes que eu amo!

A história gira em torno da família, que para o Dom é a coisa mais importante “nunca se dá as costas para a família”. Mas quando Chiper (Charlize Theron) aparece no meio da lua de mel do Toretto (Vin Diesel) e da Letty (Michelle Rodriguez) revelando para Dom algo que faz ele mudar de lado e trair seus parceiros, tudo parece perdido. Mas Letty não quer desistir e lembra a todos que ele só faria algo assim se realmente tivesse um bom motivo, que todos deveriam confiar em Dom.

Velozes e furiosos é lotado de ação, vemos Hobbs (Dwayne Johnson) e Ian Shaw (Jason Statham) travarem uma luta e fugir da cadeia juntos, meio que sem querer essa última parte; e para achar o Toretto eles tem que trabalhar em equipe. Mas tem algo que acontece que faz Hobbs repensar sua relação com Shaw e bem quando isso acontece, BUM.

Já que entrei na esfera dos personagens, vou falar um pouco de alguns que são relevantes.

Chiper – é uma louca psicopata e gênio! O olhar dela de louca, você realmente acredita que ela é louca. E uma V#$% sério, só assistindo pra entender, ela faz coisa muito pior do que só beijar o Dom.

Roman Pearce ( Tyrese Gibson) – gente ele é muito engraçado, adoro ele! “tô cheio de fome” ainda lembro dessa frase lá do segundo filme, hahaha. Apesar de ser muito engraçado e dar umas ideias meio nada a ver pro pessoal e ser motivo das risadas no cinema ele nunca fez mais do que o necessário e o pessoal normalmente corre pra salvar ele de alguma merda mas, nesse filme ele finalmente reage, quase bati palmas no cinema! hahaha

E me desculpem, mas não gosto da Ramsey (Nathalie Emmanuel), não falo da atriz, acho que ela trabalha super bem, o problema é a personagem. Não vejo utilidade pra ela, já tem o Tej (Ludacris) que é o inteligente/gênio da turma. Acho que ela caiu de paraquedas e ficou por lá mesmo. Em fim, talvez nos próximos filmes ela tenha algum papel importante e por isso continua lá, vamos esperar pra ver.

E gente pasmem mas a brasileira, que não parece nem um pouco brasileira e fala o inglês melhor que muitos americanos, reaparece! Ela mesma Elena Neves (Elsa Pataky)!

Os efeitos visuais estão fantásticos, direção de fotografia está de parabéns, mas tem alguns absurdos do tipo Hobbs desviar um torpedo com uma mão, enquanto se segura no carro em alta velocidade no gelo!

A trilha sonora de Velozes e Furiosos é a melhor!

E o desfecho que eles dão ao filme? Quase chorei!

O filme é bem longo, mas sensacional como sempre. Vale super a pena ver. Uma dica que eu dou é, sabe aquelas salas 4D que a cadeira mexe e tals, assistam nela, é uma experiência diferente e muito legal, é meio caro, maaaas….quando o carro freia você tem essa sensação junto e muitas outras.